10:08 25 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    091
    Nos siga no

    O vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia responsável pelo antiterrorismo, Oleg Siromolotov, afirmou nesta segunda-feira (16), em uma sessão do Conselho da Federação (câmara alta do Parlamento russo), que a cooperação com o Ocidente, particularmente os EUA, no combate ao terrorismo está arruinada.

    “Depois dos eventos da Crimeia, a cooperação de contraterrorismo praticamente entrou em colapso nas nossas relações bilaterais, em primeiro lugar com o Ocidente e os EUA” disse Siromolotov.

    Ele destacou que o grupo de trabalho criado em conjunto com os EUA para combater o terrorismo não está funcionando atualmente. O vice-ministro salientou que os únicos contatos mantidos são os relacionados à segurança da informação.

    Siromolotov disse que, desde setembro, o Conselho de Segurança das Nações Unidas não consegue chegar a um acordo sobre uma resolução sobre a luta contra o terrorismo no Oriente Médio e na África do Norte por problemas relacionados com a formulação de suas bases.

    Já o vice-chanceler russo, Gennady Gatilov, disse que Moscou pretende mobilizar os seus colegas do Conselho de Segurança para combater o terrorismo. Ele afirmou que, graças a uma iniciativa da Rússia, foi aprovada uma resolução permitindo parar o comércio ilegal de petróleo dos extremistas.

    Tags:
    EUA, Rússia, Ocidente, Oriente Médio, África do Norte, França, Paris, Crimeia, Moscou, Gennady Gatilov, Oleg Siromolotov, Nações Unidas, ONU, Conselho de Segurança da ONU, Gennady Gatilov, Conselho da Federação, combate, terrorismo, comércio ilegal, resolução, extremismo, cooperação, arruinada
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar