13:01 28 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    101
    Nos siga no

    Um total de 30 mil policiais irá garantir a segurança nas fronteiras da França durante os preparativos e a realização da Conferência sobre Clima da ONU (COP-21), declarou nesta quinta-feira (12) o ministro do Interior do país Barnard Kaznev.

    “Entre 13 e 19 de novembro os policiais farão o controle móvel e seletivo nas fronteiras, o que de maneira alguma irá limitar as possibilidades de deslocamento dos habitantes que moram próximo à fronteira. Nós pretendemos aumentar o controle 10 dias antes do início dos eventos, que acontecerão entre os dias 29 de novembro e 12 de dezembro, e a 4 dias da conferência o controle passará a ser mais sistemático” – informou a agência France Presse citando as palavras do ministro.

    Segundo Kaznev, 26 mil policiais serão realocados da Segurança Pública Central e os quatro mil restantes a partir da polícia de fronteiras.

    “Nós não iremos fechar as fronteiras, contrariando aqueles que tentaram usar tal decisão como uma propagando pré-eleitoral de baixo calão. Nós pretendemos organizar o controle fronteiriço no decorrer de um mês nos termos dos artigos 23, 24 e 25 do Código das Fronteiras Schengen, com o objetivo de evitar a entrada de pessoas que poderiam representar ameaça em nosso território” – declarou o ministro.

    A Conferência das Partes da Convenção da ONU sobre Mudança Climática (COP-21) será realizada em Paris entre os dias 30 de novembro e 11 de dezembro, e contará com a participação de diversos líderes mundiais. Espera-se que os países participantes consigam firmam um novo acordo climático que substituirá o atual protocolo de Kyoto.

    Mais:

    ONU divulga esboço de potencial acordo sobre o clima
    Tags:
    segurança, fronteiras, conferência, clima, COP 21, ONU, Barnard Kaznev, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar