16:19 28 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    3201
    Nos siga no

    As tropas curdas nesta quinta-feira (12) iniciaram uma grande operação militar contra o grupo terrorista Estado Islâmico na cidade de Sinjar no norte do Iraque. A cidade é cruzada por um dos canais chaves de fornecimentos para os militantes, diz a agência France-Presse alegando um dos altos oficiais do exército.

    “A ofensiva começou às 7h00, forças [curdas] peshmerga iniciaram uma ofensiva em várias direções para libertar o centro do distrito de Sinjar”, disse à agência general-major Ezzeddine Saadun.

    Peshmerga, palavra traduzida do curdo como “aqueles que enfrentem a morte”, é o nome das forças de autodefesa ou milícias curdas que agora estão combatendo o Estado Islâmico.

    O grupo terrorista Estado Islâmico (proibido na Rússia) é neste momento uma das maiores ameaças à segurança global. Durante três anos os terroristas conseguiram conquistar partes consideráveis do território do Iraque e da Síria. Além disso, eles tentam expandir a sua influência no países da África do Norte, nomeadamente na Líbia. Segundo várias estimativas, o território controlado pelo Estado Islâmico alcance 90 mil quilômetros quadrados. Os dados sobre o número de militantes desta organização extremista também divergem – de 50 até 200 mil combatentes.

    Não há frente unida de combate contra o Estado Islâmico: contra o grupo lutam forças governamentais da Síria (com apoio da aviação russa) e do Iraque, coalizão internacional liderada pelos EUA (limitando-se com ataques aéreos), assim como curdos e milícias xiitas libanesas e iraquianas. Na sequência das hostilidades morreram milhares de civis e alguns milhões tornaram-se refugiados.

    Tags:
    curdos, ofensiva, exército, Peshmerga, Estado Islâmico, Iraque, Curdistão iraquiano
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar