11:41 05 Março 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Queda do A321 russo no Egito (60)
    20120
    Nos siga no

    A análise da caixa negra do avião russo caído na península do Sinai mostrou um ruído no último segundo do voo. Os especialistas da comissão de investigação consideram que uma bomba poderia ter causado a catástrofe.

    Segundo as fontes da agência de notícias Reuters na Comissão de Investigação, os especialistas egípcios consideram que a bordo de A321 explodiu uma bomba, mas ainda não têm a certeza absoluta.

    “Os indicadores da medição e análise do som da caixa negra testemunham de que foi uma bomba. Temos 90% de certeza que foi uma bomba”, disse a fonte da agência.

    O representante dos investigadores egípcios não explicou o motivo de não haver 100% de certeza.

    O avião de passageiros russo caiu na península do Sinai em 31 de outubro durante o voo entre o resort egípcio de Sharm el-Sheikh e São Petersburgo. Todas as 224 pessoas a bordo morreram, o que se tornou o maior desastre da aviação civil na história russa e soviética.

    Tema:
    Queda do A321 russo no Egito (60)

    Mais:

    Avião britânico foi quase abatido por um míssil no Egito
    Inspeção de bagagem no aeroporto de Sharm el-Sheikh podia ser evitada por 10 euros
    Tags:
    acidente aéreo, Kogalymavia, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar