11:09 19 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Segundo o Ministério do Interior da Alemanha, a Albânia já é um país seguro e, por isso, todos os pedidos de asilo albaneses serão recusados

    Alemanha mandará 50 mil imigrantes de volta para a Albânia

    © flickr.com/ Michael Button
    Mundo
    URL curta
    419

    A Alemanha, destino de centenas de milhares de imigrantes em 2015, vai enviar todos os requerentes de asilo albaneses de volta para a Albânia, informou nesta sexta-feira o ministro alemão do Interior, Thomas de Maizière, em visita a Tirana.

    "Todos os requerentes de asilo, pelo menos 50 mil vindos da Albânia, ou munidos de documentos albaneses, serão mandados de volta", declarou Maizière à imprensa após um encontro com o seu homólogo albanês, Samir Tahiri. "Estando a Albânia já presente na lista de países "seguros", todas as demandas de asilo serão recusadas", disse o ministro, acrescentando que as autoridades alemãs irão "acelerar" esse processo ao longo das próximas semanas. 

    De acordo com Maizière, mesmo que as demandas de asilo albanesas na Alemanha tenham apresentado uma baixa recentemente, os números ainda são "inquietantes", com mais de 4 mil requerimentos novos apenas em outubro. 

    Ao longo dos últimos três meses, depois dos sírios, os cidadãos da Albânia têm sido os mais interessados em buscar refúgio na Alemanha, com cerca de 20 mil pedidos entre agosto e outubro. 

    Mais:

    Turquia recomenda que refugiados sírios desistam de buscar refúgio
    Comissão Europeia divulga previsão de chegada de refugiados até 2017
    Tags:
    imigrantes, asilo, refugiados, Thomas de Maiziere, Samir Tahiri, Síria, Alemanha, Albânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik