08:27 18 Junho 2019
Ouvir Rádio
    USS Donald Cook

    Navios de guerra dos EUA ficarão para sempre no Mediterrâneo a fim de ‘proteger a Turquia’

    CC0 / Marinha dos EUA / wikipedia.org
    Mundo
    URL curta
    12227

    O Ministério das Relações Exteriores da Turquia anunciou nesta quinta-feira (5) que os navios de guerra dos EUA ficarão permanentemente no Mediterrâneo Oriental a fim de apoiar as necessidades de defesa da Turquia.

    "Recentemente, um navio de guerra americano visitou (a base naval turca de) Aksaz. Tais visitas continuarão. O destróier USS Donald Cook e navios semelhantes estarão sempre no leste do Mar Mediterrâneo para a proteção da Turquia; a sua presença será aumentada", disse o porta-voz do ministério turco, Tanju Bilgic.

    Em 30 de outubro, um oficial do setor de Defesa dos EUA disse que dezenas de jatos F-15C se juntariam aos aviões de ataque A-10 na Base Aérea de Incirlik, no sul da Turquia. Conhecidos como “destruidores de tanques”, cerca de uma dúzia de A-10s estão em Incirlik desde meados de outubro.

    Embora o Pentágono tenha anunciado que a medida é para "garantir a segurança" de seus aliados da OTAN, o movimento foi visto por alguns analistas como uma resposta aos ataques aéreos da Rússia na Síria.

    "Eu não disse que não era motivado pela Rússia", disse Laura Seal, porta-voz do Departamento de Defesa, ao Daily Beast na última terça-feira (3), quando também falou que a manobra serviria para "garantir a segurança" de aeronaves turcas.

    Mais:

    Por que razão EUA enviam caças F-15 à Turquia?
    Segundo ex-agente da CIA, o oleoduto clandestino do Estado Islâmico passa pela Turquia
    Turquia elogia decisão dos EUA de suspender envio de armas para os curdos
    Tags:
    segurança, caças, aviões, navios de guerra, presença militar, USS Donald Cook, F-15C, A-10, OTAN, Pentágono, Tanju Bilgiç, Síria, Rússia, Incirlik, Aksaz, Mar Mediterrâneo, Leste Europeu, Turquia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar