08:54 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Sharm el Sheikh Airport

    Grã-Bretanha suspende voos saindo do Egito após acidente com avião russo

    © AP Photo /
    Mundo
    URL curta
    Queda do A321 russo no Egito (60)
    111

    O Reino Unido suspendeu temporariamente todos os voos destinados à Grã-Bretanha partindo da cidade egípcia de Sharm El-Sheikh.

    O país se preocupa com os motivos da queda do avião russo que decolou da mesma cidade no último fim de semana.

    "Enquanto a investigação estiver em andamento, não podemos dizer categoricamente por que o avião russo caiu. No entanto, á medida em que mais informações vieram à tona, nos preocupamos com o fato de que o avião pode ter sido derrubado por um explosivo. Em virtude disto e como medida de precaução, decidimos que os voos saindo de Sharm El-Sheikh rumo ao Reino Unido serão atrasados nesta noite", disse um porta-voz de 10 Downing Street, residência oficial e escritório do primeiro-ministro britânico, David Cameron.

    O avião Airbus A321 da empresa russa Kogalymavia, que voava de Sharm El-Sheikh a São Petersburgo, na Rússia, se acidentou no dia 31 de outubro na península egípcia do Sinai. Os 217 passageiros e sete tripulantes que se encontravam a bordo morreram no acidente — o pior da história da aviação russa.

    Tema:
    Queda do A321 russo no Egito (60)

    Mais:

    Egito aponta falha técnica como motivo da queda do A321
    Avião russo A321 pode ter sido sequestrado
    Socorristas russos examinam 28 km2 no local da queda do A321
    Putin: buscas após a queda do Airbus A321 no Egito devem continuar
    Tags:
    acidente aéreo, preocupação, explosão, aeroporto, suspensão, voos, A321, 10 Downing Street, Grã-Bretanha, Reino Unido, Rússia, Egito, Sharm El-Sheikh
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik