01:25 25 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Visão aérea de Damasco, Síria

    Jornal americano ressalta otimismo sírio após ajuda russa

    © AFP 2017/ LOUAI BESHARA
    Mundo
    URL curta
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)
    122857431

    Em Damasco, povo sírio expressa nível surpreendente de otimismo, e maioria agradece à Rússia pela ajuda, relata o jornalista Patrick J. McDonnell no jornal Los Angeles Times.

    "Um mês de envolvimento russo (…) levantou os ânimos de muitos apoiadores do governo na região de Damasco, que é a base da autoridade de Assad e lar para cerca de cinco milhões de pessoas."

    Embora os rebeldes ainda tenham subúrbios da capital sob controle e a insegurança ainda faça parte da vida na cidade, o famoso mercado Hamidiya voltou a ficar lotado de compradores, e as ruas estão movimentadas e engarrafadas, relata o jornalista.

    "Há menos medo agora. As pessoas estão saindo (de suas casas) e praticando mais atividades", disse uma mulher de 37 anos, residente do distrito de Dumar. "Ficamos na Síria e estou feliz por isso. Acho que todos que deixaram o país vão se arrepender disso."

    Um estudante universitário afirmou que ele e seus amigos estão mais confiantes quanto ao futuro. "As pessoas acreditam que o pior já ficou para trás."

    "Acho ótimo que a Rússia esteja nos ajudando", disse Rascha, 28 anos, um comprador no mercado Hamidiya. "De verdade, as pessoas estão esgotadas. Elas querem que isso tudo acabe."

    "Os russos vieram ajudar e agradecemos, mas ainda dependemos de nós mesmos e de nosso Deus — e vamos lutar até o fim", afirmou um segurança. 

    Moradores pró-governo veem com bons olhos a superpotência mundial que tomou seu lado contra vários inimigos, inclusive os Estados Unidos e seus parceiros, que não querem a continuidade de Assad no poder.

    Entretanto, escreve o jornalista, muitos sírios estão insatisfeitos com mais de 40 anos de controle da família Assad, que vê o atual governo como um baluarte contra militantes islâmicos.

    Tema:
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)

    Mais:

    Chanceler russo e enviado da ONU para a Síria discutem situação
    Pela primeira vez, Rússia usou informações passadas pela oposição síria contra terroristas
    Militares dos EUA treinam combatentes da oposição na Síria, em região sem presença do EI
    Tropas dos EUA na Síria visam impedir a Rússia de realizar sua campanha aérea
    Tags:
    ajuda russa, otimismo, guerra civil, Los Angeles Times, Bashar Assad, Damasco, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik