22:02 22 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    O chanceler russo Sergei Lavrov durante a reunião com o enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura em Moscou.

    Chanceler russo e enviado da ONU para a Síria discutem situação

    © Sputnik / Vladimir Pesnya
    Mundo
    URL curta
    781

    O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, realizaram uma coletiva de imprensa em Moscou após a sua reunião.

    Segundo declarou o chanceler russo, os sírios devem ser donos do processo político no seu país.

    Staffan de Mistura informou que tem planos de visitar Washington para realizar consultas sobre a atual situação na Síria e que a ONU está pronta a realizar a próxima ronda de negociações em Genebra, segundo o enviado especial.

    “O fato de que acabo de chegar de Damasco e parto para Washington significa que é um impulso positivo que não se deve perder,” disse.

    A Síria vive desde 2011 em estado da guerra permanente e, segundo os dados da ONU, já perdeu mais de 230 mil pessoas. As tropas do governo sírio combatem vários grupos rebeldes e organizações militares, bem como grupos terroristas, inclusive o Estado Islâmico e a Frente al-Nusra. 

    Vários especialistas e políticos de alta escalão insistem que a crise só pode ser resolvida politicamente. Neste contexto, Moscou e Genebra continuam sendo possíveis locais de realização da próxima reunião e de negociações sobre a crise síria já que hospedaram várias rondas no passado, algumas das quais contaram com a participação da oposição síria.

    Tags:
    diplomacia, ONU, Stefan de Mistura, Sergei Lavrov, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik