03:01 23 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Assentos dos passageiros no local da queda da aeronave russa Airbus A321 no Egito

    Explosão a bordo do A321 aconteceu antes da colisão com terra

    © Sputnik / Maxim Grigoryev/TASS/POOL
    Mundo
    URL curta
    Queda do A321 russo no Egito (60)
    564
    Nos siga no

    O caráter das lesões nos corpos dos passageiros de A321 pode indicar que uma explosão a bordo do avião aconteceu antes da colisão com a terra, disse um especialista médico egípcio que participou da investigação.

    Em 31 de outubro, sábado, um Airbus A321, pertencente à empresa russa Kogalymavia, saiu do aeroporto da cidade balneária de Sharm el-Sheikh, no Egito, rumo ao aeroporto de Pulkovo, em São Petersburgo (Rússia). Atravessando o céu sobre a península do Sinai, desapareceu dos radares e cessou de responder aos gerentes de voo. Em breve, se confirmou a queda do avião em um lugar da península. A aeronave ficou despedaçada no chão.

    Todos os 217 passageiros e 7 membros da tripulação morreram.

     

    Tema:
    Queda do A321 russo no Egito (60)
    Tags:
    acidente aéreo, queda, Airbus, Egito, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar