17:26 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    3232
    Nos siga no

    A empresa russa Russian Helicopters (Helicópteros russos) oferece aos países latino-americanos e caribenhos a modernização dos helicópteros Mi-8, Mi-17 e Mi-171 que são explorados nesta região, inclusive equipá-los com sistemas de mísseis antiaéreos.

    Hoje, na América Latina e nos países caribenhos, estão em serviço mais de 400 helicópteros russos. Os modelos mais populares são os Mi-8 e Mi-17, cujo total atinge 320 veículos. Em particular, Cuba possui 60 helicópteros de produção soviética e russa 50 dos quais são Mi-8 e Mi-17.

    “A empresa Russian Helicopters oferece aos seus clientes programas de modernização de helicópteros Mi-8, Mi-17, Mi-171, destinados a alargar as suas funções. Propôs-se equipar as versões militares e de transporte com sistemas digitais integrados de equipamento radioeletrônico, novos motores, modernizar a estrutura de fuselagem e transmissão, sistemas óticoeletrônico de defesa contra sistemas de mísseis antiaéreos (SMA) e SMA móveis e dotá-los com equipamento mais moderno de outros tipos”, informa o serviço de imprensa da empresa russa.

    Além disso, os helicópteros civis serão modernizados com equipamento adicional que permitirá usar estes veículos no futuro em operações de resgate e para transportar passageiros.

    O serviço de imprensa afirmou igualmente que “a Russian Helicopters está pronta a modernizar e a reparar helicópteros militares”.

    A empresa Russian Helicópteros é um dos líderes fabricantes de helicópteros no mundo e é o único produtor de helicópteros na Rússia.

    Tags:
    equipamento, modernização, helicópteros, América Latina, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar