03:17 28 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Queda do A321 russo no Egito (60)
    545
    Nos siga no

    Após a queda de um avião russo na Península do Sinai, no Egito, as companhias aéreas europeias Lufthansa e Air France-KLM decidiram suspender temporariamente voos sobre a região.

    De acordo com uma porta-voz da Lufthansa, a companhia tomou a decisão em uma reunião neste sábado e a medida deve durar até que a causa do incidente seja esclarecida. "Segurança é nossa maior prioridade", afirmou a representante, que preferiu não se identificar. Por enquanto, a Lufthansa deve usar outras rotas para chegar a destinos na região. 

    Um avião Airbus-A321 de linhas aéreas russas Metrojet/Kogalymavia que realizava um voo de Sharm el Sheikh a São Petersburgo desapareceu dos radares este sábado de manhã, 23 minutos após a decolagem.

    Um representante do governo egípcio, Hussam el-Kawish, disse à Sputnik que o avião russo ficou completamente destruído e que não há sobreviventes.

    Por enquanto, foram encontrados corpos de 219 pessoas.

    Tema:
    Queda do A321 russo no Egito (60)

    Mais:

    Não há sobreviventes do avião russo que caiu no Egito
    Tags:
    Airbus, KLM, Air France, Lufthansa, Egito, Sinai
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar