07:16 27 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    15019
    Nos siga no

    O Ministério de Infraestruturas da Ucrânia disse nesta quinta-feira que Moscou deve suspender os seus voos diretos para a Crimeia e pagar as devidas multas por isso antes de tentar retomar o tráfego aéreo com Kiev.

    "Nós podemos confirmar que a Administração Estatal de Aviação recebeu uma carta da agência federal russa de transporte aéreo hoje, na qual a agência (russa) informou a sua posição, que é inaceitável para a Ucrânia. Nós continuamos a insistir que, para iniciar o processo de negociação, a parte russa deve cessar os voos para os territórios fechados, isto é, para a Crimeia, e pagar uma multa", declarou a porta-voz do ministério ucraniano, Irina Kustovskaya, em entrevista à mídia russa. 

    A península da Crimeia, transferida simbolicamente da Rússia para a Ucrânia pelo líder soviético Nikita Khrushchev, em 1954, foi controlada por Kiev até o início de 2014, quando, após um referendo popular (em março do ano passado), 97% dos habitantes locais decidiram pela reintegração do território à Federação Russa. 

    Mais:

    Opinião: reconhecimento internacional da Crimeia depende da operação russa na Síria
    Atlas britânico considera Crimeia como território da Rússia
    Tags:
    tráfego aéreo, voos, Nikita Khrushchev, Irina Kustovskaya, União Soviética, Kiev, Moscou, Crimeia, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar