20:21 25 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Exército sírio nos arredores de Damasco

    Rússia desmente negociações para operação terrestre com os EUA na Síria

    © Sputnik/ Andrei Stenin
    Mundo
    URL curta
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)
    11293

    A Rússia não está em negociações com os Estados Unidos para coordenar uma operação terrestre na Síria, afirmou nesta quarta-feira o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

    "Não estão acontecendo", disse Peskov, respondendo uma pergunta sobre uma possível coordenação entre Rússia e EUA para uma operação militar terrestre no país.

    O jornal "Financial Times" publicou anteriormente que os EUA não descartam iniciar uma operação em solo contra o Estado islâmico na Síria.

    A Síria vive uma guerra civil desde 2011, com forças governamentais combatendo em várias frentes grupos de oposição que pretendem derrubar o Presidente Bashar Assad e grupos terroristas como o Estado Islâmico e a Frente Nusra.

    Desde o início dos conflitos, os EUA e seus aliados vêm apoiando o que chamam de "oposição moderada" na Síria. Ao mesmo tempo, pedem a saída de Bashar Assad. De acordo com estimativas da ONU, os conflitos já provocaram mais de 250 mil mortes.

    Desde 30 de setembro, a aviação russa bombardeia posições do Estado islâmico na Síria a pedido do presidente do país, Bashar Assad. Os aviões russos já realizaram cerca de mil voos de combate, destruindo infraestrutura do grupo terrorista e abatendo jihadistas.

    Tema:
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)

    Mais:

    Kremlin: Putin prioriza a vitória na luta contra o terrorismo na Síria
    ‘Alemanha e União Europeia também podem ser parceiros da Rússia na Síria'
    Centro de refugiados é destruído em ataque terrorista na Síria
    Até que enfim! Irã convidado a negociar sobre a Síria
    Tags:
    ataque terrestre, ataque aéreo, terrorismo, Estado Islâmico, Kremlin, Bashar Assad, Dmitry Peskov, EUA, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik