23:12 26 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    3110
    Nos siga no

    A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, declarou que grupos terroristas na Síria continuam recebendo apoio de países estrangeiros, o que dificulta o combate a esse grupos.

    “Nós temos informações de que grupos terroristas continuam recebendo apoio estrangeiro na Síria. É claro que sem esse apoio a vitória sobre os terroristas teria sido alcançada muito mais rapidamente”, disse Zakharova. 

    No início de outubro, os Estados Unidos anunciaram que iriam rever suas ações de apoio aos rebeldes sírios que combatem o Estado Islâmico, dizendo que irão fornecer armas e equipamentos para líderes rebeldes aprovados, aumentando, assim, a ajuda norte-americana a esses grupos. 

    Desde 30 de setembro, a pedido do presidente sírio, Bashar Assad, a Rússia realiza ataques aéreos contra posições do Estado Islâmico na Síria. Durante este período, as forças aeroespaciais lançaram quase 690 ataques, matando centenas de militantes, destruindo dezenas de centros de controle, armazéns e outras instalações terroristas. Além disso, 26 mísseis de cruzeiro foram disparados de navios da Frota do Mar Cáspio, atingindo alvos terroristas na Síria, segundo dados apresentados pelo Ministério da Defesa russo.

    A coalizão internacional liderada pelos EUA realiza ataques contra o Estado Islâmico desde setembro de 2014. 


    Mais:

    Aviação russa faz 53 voos de combate atacando 72 alvos do Estado Islâmico na Síria
    Kremlin: Exército sírio e forças curdas devem realizar operação terrestre na Síria
    Deputados franceses querem discutir crise síria com Bashar Assad
    Lavrov com Kerry preparam base para coalizão ampla de ajuda à Síria
    Tags:
    terroristas, apoio, Estado Islâmico, EUA, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar