08:29 27 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)
    461
    Nos siga no

    A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, negou nesta quinta-feira (22) os relatos da mídia de que as forças aeroespaciais russas tenham atingido um hospital na província síria de Idlib, alegadamente matando 13 pessoas.

    "Eu gostaria de descartar essa informação", disse ela em entrevista coletiva.

    A diplomata afirmou que esses relatos constituem uma "campanha de difamação", referindo-se particularmente ao Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), organização com sede em Londres.

    "Como entendemos, é ‘muito conveniente’ cobrir o que está acontecendo na Síria a partir de Londres sem vir à cena e não tendo nenhuma possibilidade de recolher informação 'no terreno'", disse ela.

    Zakharova também observou que muitos veículos de comunicação em massa ainda consideram o OSDH como uma fonte confiável, apesar de, nos últimos dias, a mesma quantidade de informações prestadas pela organização ter sido descartada.

     

    Tema:
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)

    Mais:

    Kremlin: Estado Islâmico tenta formar coalizão contra tropas do governo na Síria
    Kremlin: Exército sírio e forças curdas devem realizar operação terrestre na Síria
    Como vivem pilotos russos na Síria (VÍDEO)
    Tags:
    aviação russa, guerra, civis, bombardeios, ataques aéreos, hospital, Ministério das Relações Exteriores, Observatório Sírio para Direitos Humanos, Estado Islâmico, Maria Zakharova, Londres, Idlib, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar