01:51 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Soldados do Catar

    Qatar não descarta realizar invasão militar na Síria

    © flickr.com / Samrah Shahid
    Mundo
    URL curta
    63185

    O ministro de Relações Exteriores do Qatar, Khalid al Attiyah, não exclui a possibilidade de seu país invadir militarmente a Síria.

    Militantes do Daesh se preparam para lançar fogo contra forças do governo sírio em Tal Arn na província de Aleppo, Síria
    © AP Photo / Islamic State militant website via AP
    "Junto com nossos irmãos sauditas e a Turquia, não descartamos nenhuma hipótese na hora de defender a população síria", afirmou em uma entrevista à rede CNN Arabic.

    Ao responder a pergunta sobre a opção militar, o ministro apontou que ela é possível "se for necessário para defender os sírios de um regime cruel." Há "várias maneiras" de realizar essa opção, completou o ministro, sem dar detalhes.

    Al Attiyah também declarou que o Qatar continua apoiando o grupo Ahrar al Sham, já que não o considera extremista, mas sim parte de uma "oposição moderada."

    Desde março de 2011, a Síria vive um conflito armado que já deixou mais de 250 mil mortos, segundo estimativas da ONU. O governo do país luta contra diferentes facções e militantes de oposição como o grupo terrorista Estado Islâmico.

    Mais:

    'Rússia foi quem mais fez pelo fim da crise na Síria' - oficial palestino
    Kremlin: Estado Islâmico tenta formar coalizão contra tropas do governo na Síria
    Moscou: Relatos sobre russos mortos na Síria são parte da guerra informacional
    Exército da Síria obtém novas vitórias contra militantes terroristas
    Síria nega participação russa nos combates por terra contra o Estado Islâmico
    Tags:
    militar, invasão, terrorismo, CNN, Khalid al Attiyah, Catar, Turquia, Arábia Saudita, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik