08:00 22 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Comandante do Estado Islâmico Abu Omar al-Shishani

    Kremlin: Estado Islâmico tenta formar coalizão contra tropas do governo na Síria

    © AP Photo/ militant social media account via AP video
    Mundo
    URL curta
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)
    5222

    O Estado Islâmico está negociando com outros grupos terroristas a possibilidade de formar uma coalizão contra as tropas do governo sírio, informou nesta quarta-feira, 21, o porta-voz oficial do ministério da Defesa da Rússia, general-major Igor Konashenkov.

    "Os serviços de inteligência interceptaram a informação sobre o início de conversações entre  comandantes de algumas unidades do grupo terrorista Frente al-Nusra com comandantes da organização terrorista EI sobre a união de forças para conter o avanço das tropas governamentais" – disse Konashenkov.

    Ele revelou ainda que, antes de recuar de suas posições, os terroristas estão minando massivamente as cidade até então ocupadas por eles com explosivos de detonação remotamente controlada. Nas suas palavras, os principais alvos dessa prática estão sendo prédios e casas abandonados e locais de infra-estrutura social.

    "Uma parte significativa dessas cargas está sendo minuciosamente mascarada e equipada com cronômetros de contagem regressiva, que deverão ser acionados após um determinados prazos, que chegam a ser até mesmo de algumas semanas" – destacou o general.

    Segundo Konashenkov, essa tática "possibilitará a realização de atentados terroristas já após o retorno da população às cidades e o início das obras de reconstrução".

    A Rússia faz desde 30 de setembro ataques aéreos às posições do Estado Islâmico na Síria. Desde o início das ações, centenas de terroristas morreram e grande parte da infraestrutura do grupo jihadista foi destruída. Um navio da Marinha russa, baseado no Mar Cáspio, também disparou 26 mísseis em um único dia contra os extremistas.

    Tema:
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)

    Mais:

    Síria nega participação russa nos combates por terra contra o Estado Islâmico
    Rússia desmente mídia ocidental e afirma que não teve baixas na Síria
    Tags:
    terrorismo, coalizão, Ministério da Defesa, Frente al-Nusra, Estado Islâmico, Igor Konashenkov, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik