22:57 18 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Um homem passa perto da cartaz com inscrições Rússia e Sérvia, 17 de outubro de 2014

    ‘Ultimato' europeu é ‘suicídio' para Sérvia?

    © AP Photo/ Darko Vojinovic
    Mundo
    URL curta
    81854261

    Em comentário à Sputnik, ex-chefe do centro de coordenação para assuntos de Kosovo e Metohija comenta uma exigência da União Europeia.

    O "ultimato" de Bruxelas implica um "suicídio" para Belgrado.

    Tal é a opinião do presidente do Partido Democrático da Sérvia, o ex-chefe do Centro de Coordenação do governo para Kosovo e Metohija, Sanda Raskovic-Ivic, que comentou a situação em entrevista à Sputnik:

    "Quando as autoridades do país escolheram o caminho para a União Europeia acabou sendo claro, que vamos fazer tudo o que a União Europeia quer. Acreditamos que é necessário organizar o mais rápido possível um referendo para que os cidadãos da Sérvia decidirem se devemos continuar o processo de integração europeia <…> Agora vão exigir que imponhamos sanções contra a Rússia <…> Além disso, irão obrigar-nos a vender as nossas terras para o estrangeiro. <…> Assim, vamos tornar uma colônia. Causa disso é desejo fanático de entrar na UE".

    Mais cedo, foi divulgado que para as autoridades da União Europeia (UE), a Sérvia só poderá fazer parte da União Europeia se reconhecer o Kosovo como Estado independente — e aplique sanções em relação à Rússia, seguindo o exemplo da própria UE.

    Segundo o político, a amizade e parceria com a Rússia é vantajosa politicamente e economicamente, por isso impor sanções em relação a esse país seria um "suicídio político e nacional".

    "Além disso, a Rússia nunca roubou nossos territórios e nunca nos bombardeou. E agora estamos tentando agradar a aqueles quem fez tudo isso e quem continua humilhando-nos", frisa Raskovic-Ivic.

    Mais:

    Opinião: Sérvia deve fazer escolha a favor da União Econômica Euroasiática
    Futebol político: Sérvia e Albânia se encontram em campo
    ‘OTAN para nós não é amigo, mas sim uma organização que tem nosso sangue nas mãos’
    Tags:
    Sputnik, Rússia, UE, União Europeia, Europa, Belgrado, Bruxelas, Sérvia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik