17:03 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Major General Igor Konashenkov, porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia

    Rússia e Israel preparam reunião militar de alto nível em Moscou

    © Sputnik/ Aleksandr Vilf
    Mundo
    URL curta
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)
    49387

    Rússia e Israel vão realizar uma nova reunião militar em um futuro próximo, desta vez em Moscou, segundo informou à Sputnik o agente diplomático israelense Alex Goldman-Shayman, em entrevista nesta quinta-feira (15).

    A reunião está prevista para ocorrer em meio à operação aérea militar da Rússia contra as posições do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na Síria.

    "Há um diálogo, uma abordagem séria de ambos os lados, e a próxima reunião acontecerá num futuro próximo, porque, como você sabe, a operação militar [na Síria] continua, e é do interesse de ambas as partes concordar em todas as nuances tão rapidamente quanto possível", disse Goldman-Shayman, informando que as conversações seriam realizadas em Moscou, em conformidade com regras diplomáticas.

    De acordo com o diplomata, a equipe de coordenação de Israel é chefiada pelo vice-chefe do Estado-Maior israelense, Yair Golan, enquanto que no lado russo, o trabalho é liderado pelo primeiro vice-chefe do Estado-Maior, General Nikolay Bogdanovsky.

    "A coordenação será realizada no mais alto nível de especialistas militares e técnicos", acrescentou o enviado israelense.

    Goldman-Shayman ressaltou que o mecanismo de coordenação russo-israelense na Síria visa evitar incidentes aéreos, e não a coordenação das operações militares, já que, segundo ele, o Estado de Israel não está envolvido no conflito sírio.

    "(…) Israel não é parte de nenhuma coalizão e não é parte da guerra, mas o mecanismo [de cooperação] tem uma função importante – prevenir quaisquer erros fatais que possam ocorrer", disse o diplomata.

    No começo do dia, o porta-voz do Ministério da Defesa russo, Major General Igor Konashenkov, disse que aeronaves russas e israelenses haviam começado um treinamento para garantir a segurança dos voos no espaço aéreo sírio. Além disso, o oficial informou que um mecanismo de comunicação foi organizado entre o centro de controle russo na base aérea de Hmaimim, na Síria, e o posto de comando da Força Aérea Israelense.

    A aviação israelense tem realizado uma série de ataques aéreos em território sírio, em retaliação a foguetes disparados por militantes e contra comboios de armas do Hezbollah.

    No mês passado, Israel e Rússia chegaram a um acordo sobre o estabelecimento de protocolos para coordenar possíveis ações militares na Síria durante a visita a Moscou do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, que se encontrou com o presidente russo Vladimir Putin no último dia 21 de setembro.

    No início de outubro, o premiê israelense disse que os dois países estavam perseguindo objetivos diferentes na Síria, mas que isso não poria em risco as relações entre os dois Estados.

    Tema:
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)

    Mais:

    HRW: Israel implementa 'receita para abuso' contra palestinos
    Netanhyahu: questão síria não deve impedir contatos russo-israelenses
    Mídia israelense: Fraqueza de Obama levou o Oriente Médio a se voltar para a Rússia
    Tags:
    relações internacionais, diplomacia, coalizão, guerra, Defesa, reunião, ataques aéreos, aviação russa, aviação, voos, coordenação, operações militares, Hezbollah, Estado Islâmico, Vladimir Putin, Benjamin Netanyahu, Alex Goldman-Shayman, Yair Golan, Nikolay Bogdanovsky, Moscou, Oriente Médio, Síria, Israel, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik