22:50 21 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    11313
    Nos siga no

    A pré-candidata do Partido Democrata à Casa Branca, Hillary Clinton, afirmou na terça-feira (13), em um debate televisivo, que o ex-técnico da Agência Nacional de Segurança (NSA), Edward Snowden, não deve ser autorizado a voltar para os EUA.

    Ela afirmou que o ex-agente poderia e deveria ter ficado em seu país aproveitando as proteções legais para os denunciantes depois de expor os enormes programas secretos de vigilância da NSA sobre a população norte-americana.

    “Ele quebrou as leis dos EUA. Roubou informações importantes. Eu não acho que deva ser levado para casa”, disse Hillary no primeiro debate presidencial democrata em Las Vegas.

    Outro pré-candidato, o ex-governador de Maryland, Martin O'Malley, concordou com Clinton e questionou o status de Snowden como autor da denúncia legítima porque buscou refúgio na Rússia. “Os denunciantes não correm para a Rússia.”

    No entanto, o senador Bernie Sanders, exaltou Snowden pelo importante papel de expor os excessos da NSA. “Ele quebrou a lei… mas o que ele fez deve ser levado em consideração.” O pré-candidato acrescentou que, se eleito presidente, iria encerrar o programa de vigilância da agência.

    “Se somos um país livre, nós temos o direito de ser livre. Há maneiras de fazer isso sem interferir nos nossos direitos constitucionais”, disse Sanders.

    Snowden vazou documentos secretos sobre as atividades de vigilância em massa dos EUA em 2013. Temendo até 30 anos de prisão por suas revelações, fugiu do país e obteve ano de asilo temporário na Rússia e, posteriormente, uma autorização de residência de três anos. Ele disse que estaria disposto a voltar se pudesse ter a certeza de um julgamento justo e uma boa barganha.

    Tags:
    vigilância, denunciante, informações, liberdade, julgamento, asilo, volta, longe, espionagem, Partido Democrata, Casa Branca, Agência Nacional de Segurança (NSA), Bernie Sanders, Martin O'Malley, Edward Snowden, Hillary Clinton, Maryland, Rússia, Las Vegas, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar