05:06 04 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    2113
    Nos siga no

    O ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, e o seu colega japonês, Fumio Kishida, concordaram nesta segunda-feira (12) em expandir a cooperação bilateral no campo da segurança nuclear após a implementação do Plano de Ação Compreensiva Conjunta (JCPOA), segundo informou a agência de notícias Mehr.

    O anúncio foi feito por Kishida durante uma coletiva de imprensa ao lado de Zarif no Irã. O ministro japonês esteve em Teerã nesta segunda-feira pela segunda vez em dois anos. Nesse período, os dois chanceleres tiveram cinco conversas oficiais. 

    O Plano de Ação Compreensiva Conjunta, firmado pelo Irã e pelo grupo do P5+1 (Rússia, EUA, Reino Unido, França, China e Alemanha) em 14 de julho deste ano, tem como objetivo garantir o monitoramento das atividades pacíficas do programa nuclear iraniano, em troca do alívio gradual das sanções impostas a Teerã por determinação do grupo. 

    Mais:

    Por que a AIEA não inspeciona programa nuclear de Israel mas presta tanta atenção ao Irã?
    China quer negociações multilaterais sobre o programa nuclear da Coreia do Norte
    Tags:
    sanções, programa nuclear iraniano, segurança nuclear, Mohammad Javad Zarif, Fumio Kishida, Alemanha, China, França, Reino Unido, Rússia, EUA, Teerã, Irã, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar