10:29 31 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)
    0 311
    Nos siga no

    Moscou não recebeu pedido de Bagdá para iniciar ataques aéreos contra alvos do Estado Islâmico no Iraque, informou nesta quarta-feira o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

    Peskov enfatizou que o envolvimento militar direto da Rússia no estrangeiro só é legítimo quando tais ações são autorizadas pelo Conselho de Segurança da ONU ou executadas após um pedido legítimo de um governo estrangeiro.

    Caças russos Sukhoi Su-25, Su-24M e Su-34, com o apoio de aviões Su-30, começaram ataques precisos contra alvos do Estado Islâmico na Síria no dia 30 de setembro, após um pedido do presidente do país, Bashar Assad.

    Em contraste, a coalizão liderada pelos Estados Unidos vem executando ataques aéreos contra o Estado Islâmico na Síria desde setembro de 2014 sem autorização do Conselho de Segurança da ONU e sem consentimento do governo Assad.

    Tema:
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)

    Mais:

    Rússia negocia com Síria novas consultas entre Damasco e a oposição
    Mísseis russos evitam zonas povoadas na Síria
    Presidente francês exige unir esforços e achar solução para a crise síria
    Rússia fala em unir esforços com governo e oposição sírias contra o Estado Islâmico
    Tags:
    Rússia, Síria, Iraque, EUA, Dmitry Peskov, Bashar Assad, Estado Islâmico, Conselho de Segurança da ONU, Su-24, Su-25, Su-34, Su-30, ataque aéreo, pedido, permissão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar