17:56 20 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 22
    Nos siga no

    A coligação de centro-direita Portugal à Frente confirmou sua vitória nas eleições parlamentares portuguesas realizadas no domingo (4). O grupo dos partidos PSD e CDS obteve 36,83% dos votos, ficando com 99 cadeiras. Já o Partido Socialista somou 32,38% e assumirá 85 assentos, enquanto o Bloco de Esquerda, com 10,22%, contará com 19 deputados.

    O bloco do governo ainda conta com cinco parlamentares somando-se o resultado do PSD em Madeira e Açores, um total de 1,51%.  A Coligação Democrática Unitária (constituída pelo Partido Comunista Português e o Partido Ecologista os Verdes) e o PAN (Pessoas-Animais-Natureza) alcançaram, respectivamente, 17 e cinco cadeiras.

    O maior número de votos direitistas, porém, não representa uma vitória do governo do país. A aliança governamental perdeu a maioria absoluta no parlamento, o que seria alcançada com um mínimo de 116 deputados. A apuração do resultado dos portugueses de fora da Europa só será realizada na quarta-feira (14).

    As informações oficiais revelaram uma abstenção recorde. Dos 9.439.651 portugueses aptos a votar, apenas 5.374.363 compareceram às urnas. A abstenção de 43,07% superou as registradas em 2011 e 2009, quando foram notadas as faltas de, respectivamente, 41,93% e 40,32% dos eleitores.

    Tags:
    deputados, parlamento, abstenções, resultado, eleições, Partido Socialista, Bloco de Esquerda, CDS, PSD, Europa, Açores, Madeira, Portugal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar