08:30 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Mulher síria beija um poster do presidente russo Vladimir Putin durante uma manifestação pró-governo sírio em frente à embaixada russa em Damasco

    Russos são vistos como heróis pelos sírios, diz jornalista britânica

    © AP Photo / Muzaffar Salman, File
    Mundo
    URL curta
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)
    971554

    A jornalista britânica Lindsey Hilsum relata no The Guardian que muitos sírios encaram o presidente russo, Vladimir Putin, como uma figura amiga, e veem os russos como salvadores.

    De acordo com Hilsum, nas cidades sírias de Tartous e Latakia os habitantes locais acreditam que a operação militar da Rússia contra o grupo terrorista Estado Islâmico trará ao fim a guerra no país.

    Além disso, segundo ela, os sírios também acreditam que os EUA são culpados pelo fortalecimento dos terroristas e seus aliados.

    A jornalista britânica também escreve que a maioria das pessoas que vivem nos territórios sob o controle do presidente sírio, Bashar Assad, dizem estar prontas para servir no exército do governo, mas esperam que a guerra termine em breve.

    Ainda de acordo com Hilsum, os sírios estão acolhendo como herois os militares russos que iniciaram uma operação no país após um pedido oficial de Assad.

    "Os russos são os heróis da hora. As pessoas cumprimentam os poucos estrangeiros que visitam com um alegre "Dobry den!" [“bom dia!”, em russo] e gritam o seu entusiasmo pelo Presidente Putin, quem eles acreditam que irá livrá-los do terrorismo", escreveu a jornalista.

    Tema:
    Rússia combate Estado Islâmico na Síria (291)

    Mais:

    Netanhyahu: questão síria não deve impedir contatos russo-israelenses
    Moscou diz que ações da Rússia na Síria são absolutamente transparentes
    Rússia usa bombas aéreas de alta precisão contra Estado Islâmico na Síria
    Aviões russos que bombardeiam Estado Islâmico na Síria
    Tags:
    russos, herois, conflito sírio, ataques aéreos, bombardeios, coalizão, guerra, terrorismo, Estado Islâmico, Lindsey Hilsum, Vladimir Putin, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik