13:56 19 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Polícia afegã patrulha a cidade de Kunduz após combates

    Talibã toma cidade estratégica no Afeganistão

    © AFP 2017/ NAJIM RAHIM
    Mundo
    URL curta
    Afeganistão entre OTAN e Talibã (109)
    0 68917

    A bandeira do movimento extremista Taliban apareceu na praça principal da cidade de Kunduz, no norte do Afeganistão, diz uma testemunha, citada pela Reuters.

    Kunduz tornou-se de novo alvo de ataques por parte dos talibãs na manhã desta segunda-feira (28). Foi a segunda tentativa dos militantes de tomar essa cidade durante o ano em curso, a primeira havia sido em abril.

    Segundo várias fontes, mais de 20 pessoas foram mortas em resultado da ofensiva, cerca de 50 foram feridas.

    Mais cedo, o Taliban havia informado ter o controle sobre um hospital e vários prédios administrativos.

    Em junho, o movimento levou a cabo um ataque ao parlamento afegão, no dia em que o político Massoum Stanakzai devia ser apresentado como candidato para chefiar a pasta da Defesa.

    Naquela altura, intensificaram-se também os combates no norte do país, nomeadamente em Dasht-e Archi, território disputado com o Estado Islâmico (grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países).

    Na semana passada, o Taliban atacou uma prisão na província de Ghazni (centro do país), libertando cerca de 400 presos, a maioria dos quais era seus militantes.

    A situação é instável no Afeganistão desde há uma década e meia, quando, em 2001, a OTAN (junto com os EUA) interferiu na guerra civil. Em 2015, houve vários anúncios de retirada do contingente militar dos EUA e da OTAN. Já na sexta-feira passada, a pasta da Defesa estadunidense mostrou vacilação sobre se as tropas americanas permanecem ou abandonam o país.

    Tema:
    Afeganistão entre OTAN e Talibã (109)

    Mais:

    Um país que atrai: EUA hesitam se querem ficar no Afeganistão
    Acordo entre OTAN e Afeganistão pode ser revisto
    Ex-presidente do Afeganistão: EUA precisam da Rússia e da China para combater o terrorismo
    “Comandos do Islã” não têm nenhuma chance contra polícia e exército do Afeganistão
    Jogos terroristas 2.0: Al-Qaeda jura fidelidade ao Taliban
    EUA estão preocupados com combates entre Estado Islâmico e Taliban no Afeganistão
    Tags:
    Taliban, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik