05:47 21 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Vladivostok, navio do tipo Mistral

    Rússia desmonta componentes eletrônicos colocados nos porta-helicópteros Mistral

    © Sputnik / Grigoriy Sisoev
    Mundo
    URL curta
    7181

    O ministro adjunto da Defesa da Rússia, Yuri Borisov, informou nesta quinta-feira (24) que técnicos do país começaram a desmontar os componentes eletrônicos russos instalados nos porta-helicópteros da classe Mistral que não haviam sido entregues por Paris.

    “Nossos especialistas já estão na França e começaram a desmontar os equipamentos. Todo este material, obviamente, será usado em futuros projetos de nossa indústria naval”, disse Borisov.

    No entanto, os equipamentos podem ser recolocados nos navios. Ele não descartou que os compradores dos dois Mistral pudessem solicitar à Rússia para reequipar as embarcações com a mesma eletrônica após a compra.

    O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse na quarta-feira (23) que Moscou não iria se opor a venda dos dois porta-helicópteros da classe Mistral de fabricação francesa para o Egito, já que o novo acordo respeita os interesses russos.

    França e Rússia encerraram um contrato de US$ 1,3 bilhão no mês passado após a suspensão de Hollande das entregas dos navios de guerra no ano passado sob a alegação de interferência russa no conflito ucraniano, o que o Kremlin negou repetidas vezes. Paris reembolsou Moscou em aproximadamente US$ 1 bilhão pela violação do contrato.

    Tags:
    negativa, conflito, interesses russos, instalação, componentes eletrônicos, desmonte, indenização, Negociação, compra, reembolso, porta-helicópteros, Mistral, Kremlin, Yuri Borisov, Dmitry Peskov, Ucrânia, Egito, Paris, Moscou, França, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik