10:34 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    6191
    Nos siga no

    A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou nesta terça-feira (22) que a luta para resolver as causas pelas quais os refugiados fogem dos seus países só pode ser resolvida em conjunto com a Rússia.

    Os ministros do interior dos 28 países da União Europeia adotaram nesta terça-feira (22) em Bruxelas a proposta de distribuição de cerca de 120 mil refugiados entre os países do bloco.

    Em votação, os países da União Europeia decidiram por ampla maioria o estabelecimento de obrigatórias para a recepção dos imigrantes. Países como Eslováquia, Romênia, República Tcheca e Hungria, foram contra a medida.

    O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, declarou anteriormente que os países que têm a responsabilidade pelos conflitos no Oriente Médio devem assumir também a responsabilidade pelas calamidades que estes conflitos provocam – inclusive os refugiados.

    o chanceler russo lembrou que “a análise política das estatísticas que temos mostra que uma grande parte das pessoas que precisam de ajuda humanitária é vítima de vários conflitos”.

     

     

    Mais:

    UE aprova divisão de 120 mil refugiados por ampla maioria
    Nações Unidas: Proposta da União Europeia para os refugiados não resolverá o problema
    Merkel: EUA poderiam ajudar recebendo mais refugiados
    Tsipras cobra mais solidariedade da UE aos refugiados
    Dinamarqueses tentam evitar acolhimento de refugiados
    Tags:
    crise migratória, refugiados, Sergei Lavrov, Angela Merkel, União Europeia, Alemanha, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar