01:42 03 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    23240
    Nos siga no

    Desde o último domingo ativistas ucranianos promovem por tempo indeterminado, mediante o consentimento das autoridades de Kiev, uma ação de bloqueio alimentar da península, impedindo a entrada de alimentos através da sua fronteira com a Ucrânia.

    Comentando a ação dos ativistas tártaros, que fecharam os acessos fronteiriços interditando a entrada de caminhões com produtos alimentares para a Crimeia, o presidente da Ucrânia Pyotr Poroshenko declarou que o objetivo do bloqueio visa uma rápida retomada da soberania nacional do seu país sobre a península.

    De acordo com a agência ucraniana UNN, Poroshenko acredita que através do bloqueio os habitantes da Crimeia irão mudar a sua atitude com relação à Ucrânia e voltarão para "debaixo da asa" de Kiev.

    Nas palavras do presidente ucraniano, os agentes alfandegários e o Ministério do Interior do país foram instruídos a manter a ordem e evitar provocações durante a realização da ação.

    O bloqueio recebeu o apoio de alguns deputados da Câmara Baixa da Ucrânia, bem como de algumas organizações nacionalistas do país, como o extremista Setor de Direita, que foi proibido e denunciado na Rússia como uma organização criminosa.

    As autoridades da República da Crimeia tacharam o bloqueio de inútil, já que durante o tempo da adesão à Rússia a mesma conseguiu reorientar quase completamente o seu mercado de produtos alimentares para o fornecimento a partir da Rússia continental. De acordo com o vice-premiê do governo da Crimeia, Ruslan Balbek a Ucrânia fornece hoje menos de 20% dos produtos alimentares para a península.

    A Crimeia se separou da Ucrânia para se juntar à Rússia em março de 2014 na sequência de um referendo em que mais de 96% dos habitantes da península apoiaram a reintegração com a Rússia. O Ocidente chamou a votação de uma "anexação". Moscou declarou que o referendo respeita plenamente o direito internacional. 

    Mais:

    Militares ucranianos violam fronteira da Rússia na Crimeia
    Rússia realiza exercícios militares na Crimeia
    Tags:
    Rússia, Ucrânia, Crimeia, Pyotr Poroshenko, Ruslan Balbek, Setor de Direita, fronteira, bloqueio, bloqueio alimentar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar