22:34 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Primeiro-ministro russo Dmitry Medvedev

    Rússia construirá nova ferrovia para contornar território da Ucrânia

    © Sputnik/ Alexander Astafyev
    Mundo
    URL curta
    2422

    O primeiro-ministro da Rússia, Dmitry Medvedev, declarou nesta segunda-feira, 21, ter assinado a documentação necessária para a construção de um novo trecho ferroviário para a região de Rostov, no Sul do país, que irá contornar o problemático território ucraniano.

    "Esse documento é sobre o procedimento de construção de uma ferrovia no trecho entre Zhuravka e Millerovo… trata-se de um braço que está sendo criado para evitar o território da Ucrânia. Esse novo trecho passará pelo território da região de Voronezh em direção à região de Rostov" – disse Medvedev em reunião com seus vices.

    Segundo ele, a medida foi adotada para garantir uma circulação independente e estável de trens no sentido sul da Rússia, "evitando a dependência de problemas e dificuldades que, infelizmente, continuam presentes junto aos nossos vizinhos".

    Medvedev destacou que a construção desse novo trecho é importante tanto para a população, que faz uso desse itinerário, quanto do ponto de vista social-econômico, pelo seu uso destinado ao transporte de cargas.

    "As vantagens ligadas à construção são óbvias – elas passam também pela criação de moradia e infraestrutura junto à nova linha e ao surgimento de novos postos de trabalho" – disse o primeiro-ministro.

    A nova ferrovia será construída no trajeto entre as regiões de Voronezh e Rostov, e que hoje possui um trecho passando pelo território da Ucrânia. A ideia havia surgido há alguns anos, mas ganhou força em 2014 com a deterioração das relações entre Rússia e Ucrânia.

    Mais:

    Ucrânia não notifica autoridades aéreas russas e internacionais sobre restrições aéreas
    Ucrânia decreta bloqueio alimentar à Crimeia
    Ucrânia deve se livrar da corrupção para obter dinheiro americano
    Medvedev: Rússia é a favor da integridade da Ucrânia
    Tags:
    integridade territorial, ferrovias, Dmitry Medvedev, Rostov, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik