20:46 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Cerca de arame farpado erguida na fronteira entre Sérvia e Hungria

    Hungria pode enviar exército para combater fora das suas fronteiras

    © Sputnik/ Ana Otasevic
    Mundo
    URL curta
    0 81

    O partido governista húngaro Fidesz propôs um projeto de lei segundo o qual o exército húngaro poderá combater contra terroristas fora do país, disse o líder do grupo parlamentar do Fidesz, Lajos Kósa, ao canal televisivo húngaro M1.

    Na semana passada, na fronteira sérvio-húngara houve confrontos entre refugiados, a polícia húngara e o exército. As forças de Hungria não podiam tomar medidas porque os refugiados estavam no território neutro entre os dois países.

    “Consideramos que o parlamento deve dotar o exército húngaro do direito de lutar contra o terrorismo no exterior. O grupo parlamentar do Fidesz propõe tal projeto de lei”, disse Lajos Kósa.

    Segundo o M1, o projeto de lei será apresentado hoje em primeira leitura no Parlamento.

    Nos últimos meses a Europa tem se esforçado por encontrar uma saída para a mais grave crise migratória desde o fim da Segunda Guerra Mundial, com milhares de refugiados chegando constantemente ao continente, fugindo das guerras em África e no Oriente Médio.

    De acordo com a Comissão Europeia, desde o início do ano mais de 500 mil refugiados e imigrantes conseguiram chegar ao bloco europeu.

    Mais:

    Pedidos de asilo na UE aumentam 85% no segundo trimestre
    Devido ao aumento do fluxo de imigrantes, Hungria restringe sistema de asilo
    Hungria e Sérvia convocam reunião de emergência para discutir crise de refugiados
    Tags:
    confrontos, refugiados, Hungria, UE
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik