11:23 24 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    OTAN

    Finlândia e Suécia consideram adesão à OTAN devido a suposta ‘ameaça russa'

    © flickr.com/ Medien Bundeswehr
    Mundo
    URL curta
    27314

    A Finlândia e a Suécia estão agora revisando a sua posição sobre a adesão à OTAN como ambos os países são engolidos com a histeria sobre a suposta ameaça da "invasão russa".

    Recentemente, a Finlândia e a Suécia manifestaram repetidamente a necessidade de enfrentar a agressão russa imaginária. Apesar do fato de que a Rússia nunca teve interesse em invadir a Escandinávia, Finlândia e Suécia estão inclinando-se para a ideia de entrar na OTAN.

    Na Suécia, o Partido anteriormente NATO-cético Social Democrata pode estar a inverter a sua posição sobre a adesão do país na aliança, afirmando que a Suécia poderia aderir à OTAN se vizinha Finlândia também está, de acordo com um artigo da agência norte-americana de análise estratégica, geopolítica e de inteligência Stratfor.

    A questão surgiu em ambos os países no mesmo tempo. No entanto, as suas autoridades respectivas adiaram a adesão à aliança por algum tempo, e a opinião pública sobre a adesão é atualmente desfavorável.

    A Suécia já está participando do programa de Parceria para a Paz com a OTAN e participa de exercícios militares da OTAN, mas não é totalmente integrada e não tem obrigações para com os membros da OTAN.

    "No sentido militar estrito, Suécia e Finlândia vão ganhar uma capacidade e cobertura adicional diplomática com a adesão à OTAN, mas finalmente o equilíbrio militar entre a OTAN e a Rússia não seria necessariamente alterada", diz o artigo.

    Isto é o sinal político de que a Finlândia e a Suécia, mesmo sem tomar algumas medidas reais para se juntar à aliança, ambos estão agora mostrando sua solidariedade com a OTAN contra a Rússia.

    Por sua vez a Rússia está muito preocupada com a situação e deixou claro que vai responder à tentativa da Suécia.

    "É claro que a adesão da Suécia à OTAN teria implicações políticas e político-militares estrangeiros e na consequência disto o lado russo vai tomar passos recíprocos", disse o Ministério das Relações Exteriores da Rússia na semana passada.

    Mas Moscou está mais preocupada com a adesão da Finlândia.

    "Este fato [adesão da Finlândia] vai colocar ainda outro membro da OTAN apenas "uns passos" de São Petersburgo e vai cercar as posições da Rússia no mar Báltico com os membros da OTAN. A Finlândia está muito mais hesitante sobre a adesão, sabendo que a Rússia provavelmente reagirá não apenas militarmente, mas também com restrições comerciais", escreve a Stratfor.

    Na verdade, os dois países já estão alinhados com a OTAN no sentido militar, inclusive na integração militar com a Aliança.

    Mais:

    OTAN envolve Áustria no armamento da Ucrânia
    Novo chanceler georgiano anseia por aderir à OTAN
    Suécia é acusada de pagar refugiados para pedirem asilo na Finlândia
    Lituânia se ofende com Finlândia por causa da 'ameaça russa'
    Tags:
    relações diplomáticas, OTAN, Finlândia, Suécia, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar