09:14 30 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    6110
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa da Venezuela, em nota assinada pelo ministro Vladimir Padrino López, informou nesta sexta-feira (18) que iniciou uma investigação para determinar a causa da queda de um caça Su-30, de fabricação russa, da Força Aérea venezuelana, na quinta-feira (17), próxima à divisa com a Colômbia.

    Segundo o comunicado, o avião executava manobras de patrulhamento junto à fronteira depois de ser detectada a entrada de uma aeronave ilegal no espaço aéreo da Venezuela na direção sul. A área, segundo a nota, é de forte atuação do narcotráfico que “pretende usar o território venezuelano como plataforma de distribuição de drogas no país vizinho (Colômbia) para a América Central e o Caribe”.

    O Su-30 era pilotado pelos capitães Ronald Ramirez e Jackson Garcia. Eles ainda não foram localizados. As buscas continuam, enquanto o conselho responsável pelas investigações buscará todas as informações anteriores à queda do caça.

    Padrino López e o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, usaram o Twitter para manifestar solidariedade  à Força Aérea do país.

    Tags:
    drogas, tráfico, investigação, fronteira, avião, caça, queda, Su-30, Força Aérea, Ministério da Defesa, Twitter, Vladimir Padrino López, Nicolás Maduro, Caribe, América Central, Colômbia, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar