03:22 19 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Líderes dos países do BRICS durante a cúpula de G20 em Brisbaine

    Opinião: BRICS é forte ferramenta para aumentar prestígio do Brasil

    © Sputnik / Alexei Druzhinin
    Mundo
    URL curta
    BRICS: organização do futuro (189)
    27452
    Nos siga no

    A presidente brasileira, Dilma Rousseff, na quarta-feira (16) respondeu indiretamente à oposição em relação à alusão de abrir um processo de impeachment feito mais cedo no Congresso Nacional. Ela disse que usar a crise econômica para chegar ao poder é uma "versão moderna do golpe".

    O doutor em história, sous-sherpa (vice-representante oficial) da Rússia no grupo BRICS, Vadim Lukov, opinou à Sputnik que mesmo na situação política interna o Brasil continua como a participante mais ativa e motivada no grupo BRICS.

    “Acho que independentemente das peripécias na política interna brasileira, o Brasil foi e continua sendo o jogador sério e importante dos BRICS”, disse.

    Segundo o especialista russo, “todas as forças políticas agora percebem que o BRICS é uma ferramenta forte para aumentar o prestígio do Brasil no mundo. Inclusive nas relações com os EUA”.

    Na terça-feira (15), deputados de seis partidos da oposição (PSDB, DEM, PPS, SD, PSC e PTB) apresentaram uma questão de ordem indagando formalmente o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), sobre os mais de dez pedidos de abertura de processo de impeachment da presidente da República enviados à Casa.

    Mas Lukov opinou à Sputnik que a situação na política interna não fará com a deposição da atual presidente:

    “A senhora Rousseff é uma lutadora política experiente. A estudante de Lula, o grande político latino-americano, acho que ela achará recursos para continuar a sua atividade no cargo”.

    Tema:
    BRICS: organização do futuro (189)
    Tags:
    política, BRICS, Dilma Rousseff, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar