06:23 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    John Kirby, porta-voz do Departamento de Estado dos EUA

    EUA pedem à Ucrânia que não esqueça a liberdade de imprensa

    © flickr.com/ Chuck Hagel
    Mundo
    URL curta
    273
    Nos siga no

    O Departamento de Estado dos EUA pediu à Ucrânia, nesta quinta-feira, que não se esqueça da importância da liberdade de imprensa na hora de implantar novas sanções.

    “Enquanto o governo ucraniano continua revisando as listas (de sancionados), o incentivamos a considerar a importância de um jornalismo livre, baseado em uma sociedade democrática”, disse o porta-voz do Departamento de Estado, John Kirby.

    O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, aprovou na última quarta-feira a ampliação de sua lista de sancionados que incluía uma centena de entidades e mais de 380 pessoas, entre elas jornalistas de Alemanha, Bulgária, Eslováquia, Espanha, Estônia, Grã-Bretanha, Hungria, Israel, Cazaquistão, Letônia, Macedônia, Moldávia, Polônia, Rússia, Sérvia e Suíça.

    Mais tarde, vários jornalistas, entre eles representantes da rede britânica BBC, foram eliminados da lista de sanções.

    Mais:

    Cruz Vermelha suspende atividade no leste da Ucrânia
    Milhares de pessoas podem ter desaparecido durante conflito na Ucrânia
    Ucrânia pede à ONU para se tornar membro do Conselho de Segurança
    Líder da Chechênia ironizou as sanções impostas a ele pela Ucrânia
    Tags:
    pedido, liberdade de imprensa, sanções, Departamento de Estado, Pyotr Poroshenko, John Kirby, Ucrânia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar