14:19 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 61
    Nos siga no

    Moscou e Jacarta firmaram um memorando para a construção de uma central nuclear de alta potência e de centrais flutuantes.

    Hoje (17) a Rusatom Overseas, subsidiária da corporação estatal de energia nuclear russa Rosatom, e a Agência Nacional de Energia atômica (BATAN) assinaram o memorando de entendimento na capital indonésia, Jacarta.

    Antes a mídia comunicaram que a Indonésia está interessada na cooperação ativa com a Rússia em projetos sobre centrais nucleares. Em junho do ano corrente a Rússia e Indonésia cocnluiram o acordo de entemdimento para a cooperação no uso pacífico da energia nuclear.

    “O objetivo principal do memorando é criar a base adicional para a cooperação futura no âmbito da proposta integrada da corporação estatal Rosatom que fizemos à parte indonésia”, disse a chefe da Rusatom Overseas, Yevgeniya Pakermanova.

    A Indonésia ainda não tem centrais nucleares de alta potência.

    O chefe da Rosatom, Sergei Kirienko, disse mais cedo que a geografia da demanda dos centrais nucleares está se modificando: se antes os países desenvolvidos usaram a maioria da energia atômica, hoje em dia a demanda principal cabe à China: Índia, Malásia, Tailândia, Vietnã e Indonésia.

    Mais:

    China aposta em energia atômica
    Apesar das sanções, setor energético russo segue prosperando
    Cientistas russos produzirão baterias nucleares para satélites e próteses biônicas
    Tags:
    energia nuclear, Rosatom, Sergei Kirienko, Indonésia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar