21:56 22 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Rio de Janeiro

    Brasil vai ter escritório de turismo na Rússia para aumentar o intercâmbio de visitantes

    Tomaz Silva / Agência Brasil
    Mundo
    URL curta
    4181

    O Ministério do Turismo anunciou que a Embaixada do Brasil na Rússia vai ter um Escritório Brasileiro de Turismo. A unidade vai ter como objetivo promover destinos nacionais, produtos e serviços da área no exterior.

    O Ministro Henrique Eduardo Alves participou com agentes de viagens locais, na última terça-feira (15), na Rússia, do lançamento de um site de divulgação do Brasil no idioma russo.

    De acordo com dados do Ministério do Turismo, o número de visitantes russos no Brasil tem aumentado muito após a assinatura entre os dois países de um acordo de facilitação de vistos. Em 2008 eram 13 mil russos no Brasil. Em 2014, esse número saltou para 37 mil.

    As duas nações neste momento estão nos preparativos para megaeventos como os Jogos Olímpicos, no Brasil, e a Copa do Mundo, na Rússia, o que deve aumentar ainda mais o número de visitantes nos dois países.

    Henrique Eduardo Alves destacou a importância dos russos para o turismo nacional, chamando a atenção para o papel das boas relações econômicas e diplomáticas entre Brasil e Rússia.

    O Ministro também ressaltou a necessidade de o Brasil, cada vez mais, ampliar sua presença no mercado global de forma a atrair mais turistas.

    “Temos que ampliar a nossa comunicação para fora. Temos que mostrar para o mundo o que o Brasil tem para oferecer. Não somos só sol e praia. Nós temos cidades históricas, grandes projetos arquitetônicos e uma grande veia de negócios. Temos atrativos suficientes para trazer estrangeiros de todas as partes do mundo”.

    Durante a passagem pela Rússia, integrando a comitiva empresarial da viagem oficial do vice-presidente da República, Michel Temer, Alves também participou da World Food Moscow, principal feira de alimentos, bebidas e agronegócios da Rússia.

    O Brasil está presente com 20 empresas na feira. Em 2014, o evento gerou US$ 114 milhões de negócios imediatos realizados ao longo do ano. Atualmente, o Brasil é o principal fornecedor de carnes para a Rússia, responsável por 43,7% do total importado pelo país em 2014, conforme levantamento do Global Trade Information Services (GTIS). As carnes bovina, suína e de frango representaram 63,5% do total das vendas brasileiras para o mercado russo.

    De acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, no ano passado, o Brasil exportou US$3,8 bilhões e importou US$ 3 bilhões, com superavit de US$ 800 milhões na balança comercial com a Rússia.

    O Ministro do Turismo também ressaltou o crescimento do empresariado russo no Brasil, que aumentou 200% em menos de 10 anos.

    Henrique Eduardo Alves alerta que uma das principais despesas de turistas no Brasil é o gasto com a alimentação:

    “Se você partir para a gastronomia, é inigualável. Você escolhe a lagosta que você quiser, o camarão que você desejar, a carne de sol que você quiser apreciar. Você escolhe a gastronomia que você quiser, em qualquer canto e recanto deste país”.

    Após a Rússia, o Ministro do Turismo seguiu para a Polônia, onde assina memorando de entendimento para cooperação em turismo na Embaixada do Brasil em Varsóvia.

    Mais:

    Brasil destaca em Assembleia Internacional a importância do setor de turismo para o país
    Rússia dispara em ranking de competitividade em turismo
    Turismo brasileiro movimenta quase 10% do PIB nacional
    Tags:
    turismo, World Food Moscow, Michel Temer, Henrique Eduardo Alves, Moscou, Varsóvia, Polônia, Rússia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar