08:39 21 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Impedidos de entrar na Hungria, refugiados atiram objetos contra a polícia húngara, que responde com gás de pimenta e canhões de água

    Conflitos na fronteira entre Hungria e Sérvia deixam dezenas de feridos

    © REUTERS / Marko Djurica
    Mundo
    URL curta
    0 38
    Nos siga no

    Mais de 20 pessoas ficaram feridas após confrontos violentos entre refugiados e forças de segurança na fronteira entre a cidade húngara de Roszke e Horgos, na Sérvia. Mesmo com a insistência e a revolta dos imigrantes, as autoridades garantiram que seguirão com o fechamento do posto fronteiriço, como anunciado anteriormente.

    Polícia da Hungria barra passagem a imigrantes
    © AFP 2019 / ATTILA KISBENEDEK
    Segundo a imprensa europeia, os conflitos desta tarde começaram depois que um grupo de refugiados, irritado com a impossibilidade de entrar na Hungria, começou a forçar a passagem para o outro lado da cerca que separa os dois países. Com os ânimos exaltados, os imigrantes atiraram pedras, garrafas e outros objetos contra a polícia húngara, que respondeu com canhões de água e gás de pimenta.

    Apesar dos pedidos de ajuda emitidos pelas autoridades húngaras, para que a Sérvia fizesse alguma coisa contra os refugiados mais agitados, as autoridades sérvias preferiram não intervir no conflito. 

    Mais:

    Hungria prenderá quem cruzar suas fronteiras a partir de terça-feira
    Hungria não tem o controle do número de refugiados no país
    ONU teme que nova lei de migração da Hungria crie caos generalizado
    Hungria aumenta pena para quem atravessar fronteira ilegalmente
    Tags:
    conflitos, imigração, refugiados, Horgos, Roszke, Hungria, Sérvia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar