01:27 19 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Mauro Vieira (esquerda) e Javad Zarif (direita) durante a visita do chanceler brasileiro ao Irã em 13 de setembro

    Depois do fim das sanções, Irã retoma relações com o Brasil

    © AP Photo / Ebrahim Noroozi
    Mundo
    URL curta
    3221

    No domingo (13), durante a visita oficial ao Irã, Mauro Vieira teve um encontro com o seu homólogo iraniano, Javad Zarif, e com o presidente da República Islâmica, Hassan Rohani.

    Durante a reunião com Vieira, o presidente iraniano sublinhou que Teerã está pronto para desenvolver as relações com o Brasil.

    “Não há nenhum obstáculo que impeça a ampliação das relações entre os dois países, e os investidores brasileiros podem utilizar esta oportunidade para fortalecer a sua presença no Irã e fomentar a parceria em projetos de grande escala”, disse Rohani, citado pela agência de notícias iraniana IRNA.

    O chanceler brasileiro, Mauro Vieira (esquerda), fala com o presidente iraniano, Hassan Rohani (direita) com a ajuda de intérprete em Teerã durante visita oficial em 13 de setembro
    © AP Photo / Presidência do Irã
    O chanceler brasileiro, Mauro Vieira (esquerda), fala com o presidente iraniano, Hassan Rohani (direita) com a ajuda de intérprete em Teerã durante visita oficial em 13 de setembro

    Hassan Rohani destacou um “grande progresso” na cooperação bilateral nas áreas industrial, tecnológica e científica e disse esperar que a cooperação econômica seja mais ativa daqui para diante, com os esforços de uma comissão conjunta de cooperação econômica, criada pelos dois países.

    A próxima reunião desta comissão está planejada para este ano e será a primeira em mais de 20 anos.

    Por sua parte, o chanceler iraniano também frisou a importância de estreitar ainda mais os laços que unem o Irã e o Brasil.

    O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira (esquerda) após a reunião com o seu colega iraniano, Javad Zarif, em Teerã em 13 de setembro
    © AP Photo / Ebrahim Noroozi
    O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira (esquerda) após a reunião com o seu colega iraniano, Javad Zarif, em Teerã no domingo

    O ministro brasileiro respondeu que Brasília estuda ampliar a parceria com Teerã, que tinha estado paralisada devido às sanções impostas pelo Ocidente.

    A reunião entre os chanceleres abrangeu uma série de assuntos regionais e internacionais, inclusive os problemas do terrorismo e da reforma das Nações Unidas.

    A visita de Mauro Vieira marca o início de uma aproximação entre os dois países. Para outubro, está planejada uma visita a Teerã do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro. Também o ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, pode visitar o Irã em finais de 2015 ou no início de 2016.

    Em 14 de julho do ano em curso, a comunidade internacional celebrou um acordo que libera o programa nuclear iraniano, levantando uma parte considerável das sanções impostas pelo Ocidente a esse país. Já na etapa das negociações finais, a partir de 30 de março, quando o respectivo acordo-quadro foi assinado em Genebra, o Irã tem mostrado sinais de abertura e crescimento econômico.

    Depois do Irã, o chanceler brasileiro irá para o Líbano.

    Mais:

    Missões do Ministro Mauro Vieira e de Dilma ao Japão afetam relações internas dos BRICS?
    Mauro Vieira: O BRICS se empenha na promoção da reforma do FMI e do Banco Mundial
    Tags:
    visita oficial, Mauro Vieira, Mohammad Javad Zarif, Irã, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik