09:35 29 Março 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    402
    Nos siga no

    Um vídeo gravado por uma australiana e divulgado na Internet deixou o mundo estarrecido diante da forma como os refugiados da África e da Ásia estão sendo tratados na Europa. As imagens mostram os imigrantes no campo de Roszke, na Hungria, região fronteira com a Sérvia, recebendo suas refeições desumanamente.

    O filme revela um aglomerado de refugiados, incluindo mulheres e crianças, junto a uma espécie de “curral” junto a agentes húngaros que atiram sacos com alimentos para a multidão. A luta pelas embalagens é inevitável. A autora do vídeo afirmou que os imigrantes são tratados como “animais”. Já a ONG Human Rights Watch disse que estão “como bois no matadouro”.

    As imagens foram capturadas clandestinamente na quarta-feira (9) pela mulher que foi ao local para fazer doações. Na terça-feira (8), o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) havia criticado a situação dos imigrantes em Roszke.

    O ministro da Defesa da Hungria, Istvan Simicsko, anunciou que 3.800 soldados do país reforçarão a barreira montada na fronteira húngara para impedir a entrada de novos refugiados.

    Tags:
    barreira, alimentação, comida, vídeo, refugiados, Human Rights Watch, Nações Unidas, ONU, ACNUR, Istvan Simicsko, Ásia, África, Europa, Roszke, Sérvia, Hungria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar