17:11 20 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Povoado Dikson, situado na costa do mar de Kara

    ONU aceitou pedido russo de ampliação da plataforma continental no Ártico

    © Sputnik/ Valery Melnikov
    Mundo
    URL curta
    31086162

    As Nações Unidas publicaram o pedido de ampliação da plataforma continental ártica da Rússia no seu site. O país o apresentará oficialmente perante a Assembleia Geral da ONU em 2016, disse o ministro dos Recursos Naturais e Ecologia russo, Sergei Donskoi.

    “Nós entregamos o pedido. Foi publicado oficialmente no site da ONU, ou seja, de fato aceito. Agora, a nossa tarefa será apresentá-lo na sessão da ONU – eu acredito que será na sessão de primavera [de 2016]”, disse o ministro.

    A sessão de primavera (do hemisfério Norte) será em “fevereiro ou março”, precisou Donskoy.

    O ministro frisou que a apresentação será feita nos grupos de trabalho especiais e na comissão de fronteiras.

    Em agosto, a Rússia encaminhou às Nações Unidas o seu pedido revisto de ampliar oficialmente o território da plataforma continental russa no oceano Ártico, acrescentando a ela formações submarinas como a cordilheira Lomonossov e outras. A equipe russa coletou provas mostrando que estes territórios têm origem continental, servindo de base ao pedido russo.

    Os territórios submarinos reclamados pela Rússia abrangem cerca de 1,2 milhões de quilômetros, o limite deles situa-se a mais de 350 milhas marítimas do litoral. Os territórios dispõem de diversas riquezas naturais – por exemplo, especialistas apontam para 4,9 bilhões de toneladas de hidrocarbonetos nesse solo marítimo.

    Este é o segundo pedido de ampliação da plataforma continental que a Rússia apresenta nos últimos 15 anos. O primeiro foi em 2001, mas a ONU o rejeitou, alegando insuficiência das provas científicas, problema retificado no pedido atual.

    Os EUA, o Canadá, a Dinamarca e a Noruega também almejam vários territórios submarinos do Ártico.

    Mais:

    Mídia: EUA perdem luta pelo Ártico
    EUA reconhecem legitimidade do pedido de expansão das fronteiras da Rússia no Ártico
    Rússia realiza exercícios no Ártico
    Frota do Norte russa está pronta para defender facilidades econômicas no Ártico
    Clinton critica política de Obama para o Ártico
    Rússia planeja recomeçar trabalhos no Ártico em 2016
    Ártico é novamente palco de oposição entre Rússia e Dinamarca
    Guerra de declarações: começa a nova batalha pelo Ártico
    Tags:
    ONU, Sergei Donskoi, Rússia, Ártico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik