20:12 20 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Laimdota Straujuma, primeira-ministra da Letônia, dirige um discurso ao povo durante uma manifestação. Foto de arquivo

    Primeira-ministra da Letônia não quer falar russo

    © Sputnik/ Oksana Dzhadan
    Mundo
    URL curta
    161784226

    A primeira-ministra da Letônia, Laimdota Straujuma, recusa-se a dar entrevistas em língua russa.

    Esta postura da premiê foi transmitida aos jornalistas pela porta-voz, Aiva Rozenberga, citada pela RIA Novosti.

    “Depois de mais uma entrevista concedida hoje à mídia de expressão russa, a chefe do governo chegou, mais uma vez, à conclusão de que é difícil para ela falar russo”, explicou Rozenberga.

    Segundo a porta-voz, “a senhora Straujuma não tem tempo suficiente para estudar o russo”.

    “Agora, será preciso conformar-se com o fato de que a primeira-ministra só irá conceder entrevistas em letão”, disse Aiva Rozenberga.

    Mais cedo, o Centro da Língua Estatal da Letônia criticou o presidente Raimond Vejonis, que tinha afirmado que não iria recusar-se a usar o russo para falar com os jornalistas e com a população.

    Naquela altura, Vejonis admitiu que a sua decisão poderia ser interpretada de uma maneira controversa, mas que ele, portanto, não podia deixar de se comunicar usando as duas línguas. Tal comunicação, segundo ele, é um dos métodos para reduzir as discrepâncias entre os segmentos letão e russo da população do país.

    Aliás, nesta terça-feira (8), o gabinete de ministros letão aprovou uma proposta que visa criar, no seio do Centro da Língua Estatal, um organismo “de apoio popular para preservar, proteger e fomentar o desenvolvimento da língua letã”. A informação consta no site do Ministério da Justiça.

    Cerca de 40% dos habitantes da Letônia têm o russo como língua materna. No entanto, só o letão tem o estatuto de língua oficial, o russo é considerado como uma língua estrangeira. Parte dos habitantes do país de origem russa é considerada como “não cidadãos”, por um decreto formal assinado logo depois da queda da URSS.

    Tags:
    língua russa, Centro da Língua Estatal, Laimdota Straujuma, Letônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik