07:31 25 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    15631
    Nos siga no

    Guardas de fronteira russos detiveram na Crimeia três membros da brigada 79 das Forças Armadas da Ucrânia. Eles são suspeitos de cruzar ilegalmente a fronteira estatal da Rússia. Durante a detenção, os militares ucranianos não possuíam documentos de identidade.

    Segundo a mídia local, os soldados ucranianos detidos alegaram que o objetivo de sua visita era "totalmente pacífico".

    "O fato demonstra objetivamente a inutilidade de manter as unidades militares ucranianos na fronteira com a Crimeia e a ausência de ordem na fronteira ucraniana, o que aumenta a responsabilidade das autoridades fronteiriças russas e outras agências de segurança encarregados da segurança das fronteiras da Crimeia", declarou o departamento de fronteiras estatais do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB).

    Os guardas de fronteira russos decidiram manter os membros do serviço ucranianos administrativamente sob custódia por violar a fronteira de Estado da Rússia e transferir os detentos para o lado ucraniano. Os militares ucranianos expressaram o desejo de voltar para a Ucrânia o mais rapidamente possível. 


    Mais:

    Rússia realiza exercícios militares na Crimeia
    Aviação naval russa realiza voos de treinamento em Crimeia
    Crimeia recebe um dos maiores festivais de jazz da Rússia
    Ex-diplomata da Austrália defende reintegração da Crimeia à Rússia
    Visita de trabalho de Vladimir Putin à Crimeia
    Tags:
    militares, fronteira, Ucrânia, Crimeia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar