09:55 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Grafiti patriótico relacionado à reintegração da Crimeia à Rússia

    Militares ucranianos violam fronteira da Rússia na Crimeia

    © Sputnik / Artem Zhitenev
    Mundo
    URL curta
    15631

    Guardas de fronteira russos detiveram na Crimeia três membros da brigada 79 das Forças Armadas da Ucrânia. Eles são suspeitos de cruzar ilegalmente a fronteira estatal da Rússia. Durante a detenção, os militares ucranianos não possuíam documentos de identidade.

    Segundo a mídia local, os soldados ucranianos detidos alegaram que o objetivo de sua visita era "totalmente pacífico".

    "O fato demonstra objetivamente a inutilidade de manter as unidades militares ucranianos na fronteira com a Crimeia e a ausência de ordem na fronteira ucraniana, o que aumenta a responsabilidade das autoridades fronteiriças russas e outras agências de segurança encarregados da segurança das fronteiras da Crimeia", declarou o departamento de fronteiras estatais do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB).

    Os guardas de fronteira russos decidiram manter os membros do serviço ucranianos administrativamente sob custódia por violar a fronteira de Estado da Rússia e transferir os detentos para o lado ucraniano. Os militares ucranianos expressaram o desejo de voltar para a Ucrânia o mais rapidamente possível. 


    Mais:

    Rússia realiza exercícios militares na Crimeia
    Aviação naval russa realiza voos de treinamento em Crimeia
    Crimeia recebe um dos maiores festivais de jazz da Rússia
    Ex-diplomata da Austrália defende reintegração da Crimeia à Rússia
    Visita de trabalho de Vladimir Putin à Crimeia
    Tags:
    militares, fronteira, Ucrânia, Crimeia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik