03:55 23 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    5181
    Nos siga no

    Em meio à grande crise mundial de refugiados, um bilionário egípcio se ofereceu para adquirir uma ilha no Mediterrâneo para abrigar os imigrantes que não são bem vindos na Europa.

    Naguib Sawiris, magnata do ramo de telecomunicações, sugeriu através do seu Twitter que a Grécia ou a Itália poderiam lhe vender uma ilha desabitada, que poderia ser transformada em uma zona segura para refugiados.

    Perguntado, em entrevista à imprensa europeia, se a sua ideia poderia ser considerada realista, Sawiris disse ter certeza de se tratar de um bom plano. 

    "Há dezenas de ilhas desertas que poderiam acomodar centenas de milhares de refugiados", afirmou o egípcio. Apesar de reconhecer que sua ideia poderia encontrar alguma resistência, o empresário explicou que algo precisa ser feito, com urgência, para ajudar àqueles que se encontram longe de seus países, tentando escapar de guerras ou de situações de extrema miséria, na África ou no Oriente Médio.

    "Da maneira como eles estão sendo tratados agora eles estão sendo tratados como gados".

    Mais:

    ONU: União Europeia precisa distribuir pelo menos 200 mil refugiados
    Rússia diz que UE deve aprender com Moscou a resolver questão dos refugiados
    Conselho Europeu pede divisão de 100 mil refugiados entre países da UE
    Sob presidência russa, Conselho de Segurança da ONU prepara resolução sobre refugiados
    Grécia anuncia medida para lidar com refugiados em ilhas
    Tags:
    refugiados, Twitter, Naguib Sawiris, Oriente Médio, África, Itália, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar