06:18 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente da Rússia, Vladimir Putin, discursa durante a cerimônia de abertura do primeiro Fórum Econômico do Oriente, em Vladivostok, em 4 de setembro de 2015

    Vladimir Putin discursa durante Abertura do Fórum Econômico do Oriente em Vladivostok

    © Sputnik / Mikhail Voskresensky
    Mundo
    URL curta
    Fórum Econômico do Oriente em Vladivostok (27)
    12321
    Nos siga no

    As atividades no âmbito do Fórum Econômico do Oriente já avançam a todo vapor. O presidente da Rússia, Vladimir Putin, já desembarcou em Vladivostok para prestigiar o evento, vindo de Pequim, onde acompanhou a parada militar chinesa, por ocasião dos 70 anos da Vitória na Segunda Guerra Mundial.

    O fórum já conta com presença de mais de mil figuras políticas, investidores asiáticos, empresários russos e jornalistas de todo o mundo. O evento marca o início de uma nova era na história da Ásia Oriental, em que as potências regionais demonstram que podem trabalhar em conjunto em prol de um objetivo comum — o desenvolvimento do Extremo Oriente russo, rico me recursos minerais e, por si só, uma região de importância estratégica.

    Nunca antes um evento dessa escala foi dedicado ao Extremo Oriente russo e à cooperação na Ásia Oriental. Representantes de alto nível do governo da China, das duas Coreias, do Japão, do Vietnã e até do Camboja, acompanhados por delegações de peso dos respectivos setores privados, estão reunidos no principal porto da Rússia no Pacífico para tratar de projetos e negócios.

    O evento é bastante simbólico pelo fato de reunir países com notórias divergências políticas. Até o presente momento, não houve sinal algum de tensão entre os participantes do fórum. Isso é emblemático e retrata as mudanças em curso na política internacional: a prosperidade compartilhada e a cooperação no Oriente do século 21 está superando os jogos vazios e a rivalidade agressiva que marcam as relações entre os países ocidentais no século 20.

    Ordenar as mensagens
    • 18:09

      “O primeiro fórum econômico realizado no Extremo Oriente já demonstrou sua eficiência. Eu tenho o direito de afirmar isso e com fundamento, considerando tanto o número de participantes, a composição das autoridades presentes e os acordos celebrados, documentos já assinados por vocês”, disse Putin, saudando os participantes do fórum. 

      Ele afirmou sentir um prazer especial em saudar os parceiros internacionais, representantes do setor privado da China, da Austrália, da Índia e dos países europeus.

      “Mais uma vez, gostaria de desejar sucesso e assegurar que ofereceremos a vocês todo o tipo de suporte”, garantiu o presidente da Rússia.

    • 17:52

      Putin falou sobre criação de uma ponte energética entre Rússia e a região do Pacífico na Ásia.

      “Tenho certeza de que os países da região do Pacífico na Ásia, apesar dos atuais problemas, com certeza seguirão sendo a locomotiva da economia mundial, um dos mais importantes mercados para direcionamento de produtos e serviços. O fortalecimento das relações com os países dessa região, para Rússia, é de caráter estratégico”, afirmou Putin. 

      A Rússia, com seu enorme potencial de recursos energéticos é capaz de garantir o acelerado crescimento econômico dos países da região, destacou o presidente russo.

      “Gostaria de chamar a atenção para o fato de que a criação de uma ponte energética entre Rússia e região do Pacífico na Ásia é um objetivo estratégico comum. Podemos ver e compreender que a região do Pacífico na Ásia está interessada em uma Rússia forte e próspera, aberta para cooperação e com uma agenda positiva”, concluiu Putin.

    • 17:21

      Rosneft planeja investir 1,3 trilhões de rublos (cerca de U$20 bilhões) em projetos no Extremo Oriente o mais breve possível, disse o Presidente da Rússia, Vladimir Putin. 

      “A empresa Rosneft e seus parceiros pretendem investir, em breve, no desenvolvimento dos seus projetos no Extremo Oriente, uma soma superior a 1 trilhão e 300 bilhões de rublos, o que gerará um efeito multiplicador na ordem de 6 trilhões e 600 bilhões de rublos e permitirá criar cerca de 100 mil novas vagas de trabalho”, anunciou Putin, durante o discurso de abertura do Fórum Econômico do Oriente.

    • 17:01

      “As nossas prioridades no Extremo Oriente são a ampliação da liberdade econômica, oferecer aos investidores nacionais melhores condições para conduzir os negócios, para que haja eficiência de retorno do capital e assim o Extremo Oriente da Rússia possa concorrer com os maiores centros de negócios no mundo”, afirmou presidente Vladimir Putin.

    • 16:55

      Presidente da Rússia propõe ao governo avaliar a possibilidade de expandir o regime de porto livre para outros portos da região, além do porto de Vladivostok.

      “Eu acho que nos conseguimos elaborar uma boa e competitiva fórmula para um porto livre, utilizando a nossa experiência histórica e as melhores práticas internacionais. Por isso proponho ao governo avaliara a questão de expandir o regime de porto livre para outros portos do Extremo Oriente”, disse Putin.

    Ao vivo
    Vladimir Putin discursa durante Abertura do Fórum Econômico do Oriente em Vladivostok
    +
      Tema:
      Fórum Econômico do Oriente em Vladivostok (27)
      Padrões da comunidadeDiscussão
      Comentar no FacebookComentar na Sputnik
      • Comentar