15:15 19 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Ex-secretária de Estado dos EUA Hillary Clinton

    Hacker quer meio milhão de dólares por e-mails secretos de Hillary Clinton

    © AFP 2019 / RONALDO SCHEMIDT
    Mundo
    URL curta
    4101

    Um hacker está ameaçando vender e-mails secretos da pré-candidata à presidência dos EUA Hillary Clinton, segundo publicou o site RadarOnline.com. Ele disse, em entrevista à publicação, que possui 32 mil mensagens privadas da postulante à indicação do Partido Democrata.

    O invasor virtual quer pelo menos US$ 500 mil pelos e-mails e que os venderá pelo maior lance a partir deste valor. O site consultou um especialistas que afirmou que, aparentemente, as mensagem são legítimas.

    Uma pesquisa recente revelou que quase metade dos eleitores norte-americanos acredita que Hillary Clinton deve suspender sua campanha até que todas as questões legais que cercam a controvérsia sobre os seus e-mails sejam resolvidas. Mas as coisas podem estar prestes a ficarem muito pior, com o aparecimento deste hacker ameaçando vender as mensagens.

    Segundo o hacker, “enquanto Hillary, ou alguém de staff, apagou a caixa de saída contendo de seus e-mails, ela se esqueceu de apagar os que estavam em sua caixa de enviados”. O invasor acrescentou que “se essas mensagens forem conhecidas pelo público, não só termina a potencial candidatura de Hillary como poderia colocar em risco a segurança nacional do país”.

    O escândalo envolvendo os e-mails de Hillary explodiu em março de 2015, quando foi revelado que a ex-secretário de Estada um servidor privado para negócios oficiais do governo dos EUA entre 2009 e 2013.

    O Inspetor-Geral da Comunidade de Inteligência disse, então, que alguns desses e-mails contêm informações confidenciais que deveriam ter sido classificados como secretos e que estes não deveriam ser enviados através de um servidor não privilegiado. No mês passado, o FBI abriu uma investigação sobre a segurança do servidor.

    Tags:
    inteligência, invasor, segurança nacional, mensagem, e-mails, leilão, venda, hacker, candidata, eleições, Partido Democrata, FBI, Hillary Clinton, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar