05:34 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    População de Debaltsevo faz fila para receber ajuda humanitária

    Rússia diz que UE deve aprender com Moscou a resolver questão dos refugiados

    © Sputnik / John Trast
    Mundo
    URL curta
    3142
    Nos siga no

    A porta-voz do ministério das relações exteriores da Rússia, Maria Zakharova, declarou nesta quinta-feira (3) que os países da comunidade europeia devem aprender com a Rússia a resolver a questão dos refugiados.

    “Eu gostaria de lembrar dos números em relação àqueles esforços em que a Rússia se comprometeu a distribuir em seu território mais 900 mil pessoas da Ucrânia. Entre eles 400 mil receberam status de refugiados. Essas pessoas receberam aqui brigo, alimentação, assistência – nós passamos por isso, e todas as organizações internacionais que lidam com direitos humanos não têm queixas com a Federação da Rússia”, disse Zakharova. 

    “Eu acredito que a Europa, em princípio, poderia aprender conosco a respeito desta questão”, acrescentou a porta-voz da diplomacia russa, observando que para a Rússia a questão das pessoas deslocadas ‘não é teórica’. "Sabemos por experiência própria o que isso significa", concluiu Zakharova.

    Em julho, o Conselho Europeu recusou uma proposta da Comissão Europeia de estabelecer cotas obrigatórias para a reinstalação e recolocação de refugiados, tendo os chefes de Estado e de Governo dos 28 países chegado a um acordo para o acolhimento de 32 mil pessoas oriundas da Síria e da Eritreia, número inferior aos 40 mil propostos pelo executivo comunitário, em maio.

    De acordo com a Agência Europeia de Fronteiras (Frontex), cerca de 340 mil imigrantes chegaram à União Europeia nos primeiros sete meses de 2015.

    Alguns especialistas acreditam que a atual crise humanitária na Europa é a pior desde a Segunda Guerra Mundial.

    Mais:

    200 imigrantes estão desaparecidos no Mediterrâneo após novo naufrágio
    Autoridades da Hungria tentarão conter fluxo de imigrantes na fronteira com a Sérvia
    Milhares de imigrantes chegam à Sérvia após passar pela Macedônia
    Imigrantes na fronteira entre Grécia e Macedônia
    Donald Trump despede empregado mexicano por criticar sua campanha contra imigrantes
    Tags:
    imigrantes, refugiados, Maria Zakharova, União Europeia, Moscou, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar