21:52 14 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Lançamento da nave espacial Soyuz TMA-16M no cosmódromo de Baikonur.

    Nova nave espacial russa estará pronta em 2019

    © Foto / NASA/Bill Ingalls
    Mundo
    URL curta
    Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2015 (21)
    1163
    Nos siga no

    A espaçonave de transporte tripulada de nova geração vai servir para levar cosmonautas e cargas para a Lua ou estações orbitais.

    O primeiro protótipo da nova nave espacial tripulada, a ser lançada rumo à Estação Espacial Internacional (EEI) e à Lua num novo foguete lançador Angara A5V a partir do cosmódromo de Vostochny, pode ser desenvolvido até 2019, comunicou à RIA Novosti o presidente da corporação espacial Energya, Vladimir Solntsev, durante o Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2015.

    "Concordámos com os construtores que vamos apressar ou seja reduzir o prazo para desenvolver e produzir o primeiro exemplar desta nave espacial. Apesar do fato que anunciamos 2021 como o data da produção e do primeiro lançamento desta nave, planejamos fazê-lo já em 2019 e acho que conseguiremos fazer isso", destacou Solntsev.

    Segundo o presidente de corporação espacial Energya, a nave de transporte tripulada de nova geração que está em elaboração pela corporação vai servir para levar cosmonautas e cargas para a Lua ou estações orbitais.

    "A nossa nova nave é de tipo vaivém. Serve pelo menos para 10 voos. Na sua produção são usadas tecnologias modernas, algumas delas não têm análogos na cosmonáutica mundial. Há muitas diferenças entre a nova nave e a Soyuz que utilizamos hoje. Enquanto Soyuz pode levar uma tripulação de 3 pessoas, a nova nave é capaz de transportar a bordo 4 pessoas. Além disso, o volume da cabina da nova nave é de 18 metros cúbicos, enquanto o da Soyuz é de 7 metros cúbicos. A duração de voo autónomo da nova nave pode atingir 30 dias", concluiu Vladimir Solntsev.

    O peso da nave em construção durante o voo para a estação orbital é de 14,4 toneladas e, durante o voo para a Lua, é de 19 toneladas. O peso da nave no regresso é de 9 toneladas. O comprimento da nave é de 6,1 metros. Durante voo para a Lua se planeja utilizar o foguete lançador de classe pesada Angara A5V.

    Tema:
    Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2015 (21)
    Tags:
    nave espacial, construção, lançamento espacial, Estação Espacial Internacional (EEI), MAKS 2015, Energya, Vladimir Solntsev, Lua, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar