05:09 17 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Navios tipo Mistral

    França diz que pagou menos de € 1 bi à Rússia por quebra do contrato dos navios Mistral

    © AFP 2018 / JEAN-SEBASTIEN EVRARD
    Mundo
    URL curta
    3119

    O porta-voz do governo francês, Stephan Le Foll, afirmou nesta quarta-feira (26) que o pagamento da indenização à Rússia para rescindir o contrato para fornecimento de dois porta-helicópteros da classe Mistral pela França não ultrapassou € 1 bilhão.

    “Eu posso dizer que o custo para a França ficou inferior a € 1 bilhão, independentemente do que é dito. O valor exato será anunciado pelos legisladores”, disse Le Foll em uma coletiva de imprensa, acrescentando que não haverá outra compensação.

    Moscou e Paris assinaram em 2011 um acordo de € 1,2 bilhão para a compra de dois porta-helicópteros franceses da classe Mistral. Em novembro de 2014, Paris suspendeu a entrega do primeiro navio, alegando a suposta participação da Rússia no conflito ucraniano. O Kremlin tem repetidamente negado as alegações.

    No início de agosto deste ano, Moscou e Paris encerraram formalmente o contrato. A França prometeu reembolsar a Rússia na totalidade da soma que pagou para os navios. No entanto, o ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian, disse mais tarde que a restituição seria equivalente a menos do que o preço original.

    Tags:
    quebra, porta-helicópteros, indenização, contrato, conflito, Mistral, Kremlin, Ministério da Defesa, Stephan Le Foll, Jean-Yves Le Drian, Moscou, França, Paris, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik