22:46 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    A Agência da Organização das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), anunciou nesta terça-feira (25) que cerca de 300 mil migrantes e refugiados chegaram este ano à Europa pelo Mar Mediterrâneo.

    A porta-voz da agência, Melissa Fleming, disse que 181 mil pessoas chegaram à Grécia e 108 mil, à Itália, acrescentando que a que 3 mil pessoas devem chegar diariamente, nos próximos dias, à Sérvia, depois de entrar em território europeu pela Grécia e atravessar a Macedônia.

    "Atualmente, pensamos que as chegadas vão continuar nos próximos dias a um ritmo de 3 mil pessoas por dia", destacou a porta-voz.

    A Acnur informou que está trabalhando com as autoridades sérvias para atender às necessidades de pelo menos 10 mil pessoas.

    O maior fluxo de imigrantes que buscam uma vida melhor na Europa é de líbios, que deixam o país por conta dos problemas internos após a OTAN liderar uma missão para destituir Muammar Khaddafi do poder. Isto provocou uma grave crise humanitária, social e política na Europa que recebeu 170 mil refugiados que partiram da Líbia somente em 2014, antes portanto do grande boom no fluxo de pessoas que atravessam o Mediterrâneo.

    Até os dias de hoje a situação política interna em alguns países do Oriente Médio e do Norte da África, principalmente Líbia e Síria, é instável e gera grandes deslocamentos de pessoas que buscam imigrar para a Europa. Agora, a Europa não sabe resolver a situação das constantes tragédias que envolvem as travessias arriscadas pelo Mediterrâneo.     


    Mais:

    Milhares de imigrantes chegam à Sérvia após passar pela Macedônia
    Imigrantes na fronteira entre Grécia e Macedônia
    ‘Princípios firmes’: Multiculturalistas na Dinamarca preferem bairros sem imigrantes
    60 imigrantes estão desaparecidos no Mediterrâneo
    Tags:
    refugiados, imigrantes, ONU, ACNUR, Mar Mediterrâneo, Líbia, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar